Pesquisar este blog

28 de dezembro de 2009

SONHE! ACREDITE! REALIZE!

QUE EM 2010 VOCÊ CONQUISTE TODOS SEUS OBJETIVOS.
VOCÊ MERECE!
São os sinceros votos do GEPAE/2009.
UM 2010 REPLETO DE PAZ, SAÚDE E REALIZAÇÕES PARA TODAS!!!
ABRAÇOS!
CRISTINA MASCARENHAS (29/12/2009)

Marcamos nossa presença...













no CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DE ARTE-EDUCAÇÃO, 19 CONGRESSO NACIONAL DE ARTE-EDUCADORES DO BRASIL - CONFAEB e ENCONTRO NACIONAL DE ARTE-EDUCAÇÃO CULTURA E CIDADANIA promovidos pelo CLEA / INSEA e a Escola de Belas Artes da Universidade Fedral de Minas Gerais, realizado no período de 25 a 28 de novembro de 2009, em Belo Horizonte/MG.
Mas, para nossa alegria, o Estado do Espírito Santo foi representado por vinte arte-educadores.

No Congresso tivemos a oportunidade de ouvir muitas palestras, relatos e trocarmos muitas ideias com outros arte-educadores, farmos novos amigos e reencontramos amigos de encontros anteriores, além de também visitarmos exposições, o Mercado Municipal, o Palácio das Artes, A Feira Internacional de Artesanato e Inhotim - espaço belíssimo que reúne um dos principais acervos de arte contemporânea do mundo e uma coleção botânica que apresenta grande diversidade e espécies raras. Inhotim reúne obras de arte a céu aberto, galerias e um acervo com cerca de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional.

Confira nas fotos!

12 de novembro de 2009

GEPAE - ART DIGITAL

Caros Arte-Educadores,

No dia 07 de novembro no encontro do GEPAE realizamos a apreciação e reflexão sobre a Art Digital, tendo como material de apoio o DVD, sob o mesmo título, que integra a DVDteca do Pólo Arte na Escola.
Indicamos para que quando possível, você veja o material, pois esse não só proporciona conteúdo para o aluno, mas também para sua formação continuada, uma vez que aborda o conceito de Art Digital quanto sua apreciaçado, percepção, construção, autoria e concepção.

Informamos que no mês de dezembro não nos encontraremos no Pólo Arte na Escola, mas no 19 CONFAEB, em BH/MG.
Mesmo assim, fiquem conectados no blog, pois continuaremso informando-lhes sobre exposições, eventos, fóruns, etc.

Saudações Estéticas!
A coordenação.

WORKSHOP SILÊNCIO, NO MUSEU VALE













No último dia 10 de novembro, arte-educadores das diferentes Redes de Ensino do Espírito Santo participaram do workshop Silêncio, no Museu Vale.
A visitação e o workshop foi coordenado pela arte-educadora Mara Perpétua que conduziu o grupo à apreciação e reflexão sobre a obra de Waltércio.
A exposição Salas e Abismos, de Waltércio Caldas leva-nos a pensar e observar o espaço sob um novo olhar: "AINDA VEREMOS O QUE NÃO VEMOS" .
O que está posto e visível no espaço ao qual somos convidados e conduzidos, nos é apresentado em salas disponibilizadas como em um enorme labirinto. A cada sala ele nos propõe a olhar o visível e sua relação (O INVISÍVEL) com o espaço por meio de sua projeção através da luz.


A atividade proposta no workshop foi uma surpresa, pois já tínhamos em nossas lembranças de momentos anteriores a estrutura de um espaço físico, com mesas e bancos disponibilizados para sentarmos e elaborarmos uma produção a partir do que havíamos visto durante a exposição. Entretanto, o que encontramos foi uma sala dividida ao meio pelas paredes pintadas nas cores preto e branco e em cada parte: caixas e uma mesa na cor do ambiente. O resto, você precisa visitar a exposição, no Museu Vale para conferir.

Reserve um espaço em sua agenda e visite a exposição!

6 de novembro de 2009

ARTE NA ESCOLA - FÓRUM

Uma boa avaliação parte de um bom processo ensino-aprendizagem Assunto central do último fórum e também de palestras e grupos de trabalho durante o XXIII Encontro Nacional da Rede Arte na Escola, realizado em outubro, na cidade de Recife-PE, a avaliação em Arte volta a ser tema neste espaço do site. Uma escolha que vem ao encontro das expectativas dos próprios participantes de dar continuidade ao debate.Para mediar as discussões até 3 de dezembro, a nossa convidada é a professora Maria Cecília de Camargo Aranha Lima. Doutora e Mestre em Ciências da Educação pela Univ. Pierre Mendes France, Grenoble – França, formada em Comunicação Visual e Educação Artística pela FAAP - Fundação Armando Álvares Penteado, SP, Cecília é autora de coleções didáticas para o ensino da arte, de livros infanto-juvenis, assessora e consultora pedagógica na formação contínua de professores e membro do Conselho Consultivo da Fundação Abrinq.
Participe!
http://www.artenaescola.org.br/forum/

5 de novembro de 2009

MUSEU VALE - "WORKSHOP SILÊNCIO"

O Museu Vale convida a todos os professores a participarem do "Workshop Silêncio", baseado na exposição “Salas e abismos”, do artista Waltercio Caldas.
O Workshop para professores será ministrado pela artista e educadora Mara Perpétua, e acontecerá no dia 10 de novembro (terça-feira). Os professores poderão se inscrever em um dos dois horários:
Manhã - das 8h30 às 11h;
Tarde - das 14h às 16h.

Àqueles que desejarem se inscrever, favor entrar em contato com Claudia ou Regiane através do telefone 27 3333-2484, entre 10 h e 18 h..
Atenciosamente,
Ruth Guedes
Arte Educação

Museu Vale
Pátio da Antiga Estação Pedro Nolasco, S/N.º - Argolas - Vila Velha - ES
Cep.: 29 114 920

TEATRO EM VILA VELHA

Grupo teatral da
ESCOLA SÃO CAMILO DE LELLIS

Apresentando O AUTO DA BARCA DO INFERNO


Texto: Camila Dalvi e Cristina Mascarenhas
Direção: Cristina Mascarenhas

DATA E HORA: QUINTA-FEIRA, 12 DE NOVEMBRO, 20:00 H

LOCAL: TEATRO DE VILA VELHA

VALOR R$ 5,00


27 de outubro de 2009

MUSEU VALE


Salas e Abismos, Waltercio Caldas
24 de outubro a 21 de fevereiro
terça a domingo, das 10 às 18h e sexta, das 12 às 20h

Natural do Rio de Janeiro, Waltercio é considerado um dos artistas brasileiros de maior renome internacional, tendo exposto em instituições consagradas de diversos países. No Brasil participou como convidado de edições das bienais de São Paulo em 1983, 1987 e 1996, e representou o país na Bienal de Veneza de 1997.Seus trabalhos estão nos acervos dos principais museus do mundo, como o MoMA, de Nova York, ou ainda a Neue Galerie (Kassel), e de museus brasileiros, como o Museu de Arte Moderna de São Paulo e o do Rio de Janeiro. Suas esculturas em espaços públicos podem ser vistas em Leirfjord (Noruega), Paseo de las Américas, em Punta del Este (Uruguai) ou ainda na Avenida Beira-Mar, no Rio de Janeiro. Em 2007 criou especialmente para a 52ª Bienal Internacional de Arte de Veneza um ambiente chamado Half Mirror Sharp, instalado no Pavilhão Itália, ora integrante da exposição Salas e abismos com exclusividade. Em 2008, a Fundação Calouste Gulbenkian, em Portugal, e o Centro Galego de Arte Contemporáneo, na Espanha, apresentaram duas importantes mostras do artista.Salas e abismos reúne pela primeira vez nove instalações, ou ambientes, como Waltercio prefere descrever, em um mesmo espaço, criando uma nova visão de sua obra através de um universo singular. Não sendo uma retrospectiva – há uma sala inédita, Silêncio do mundo, concebida especialmente para a mostra –, essa seleção de trabalhos do artista possui uma característica: o desejo específico de fazer com que as obras se relacionem, dialoguem umas com as outras, com o espaço, criem uma tensão e uma união próprias. As obras foram desenvolvidas ao longo da carreira do artista, projetadas para ocupar lugares específicos, onde o espaço é tratado com ênfase em cada uma delas. Daí a designação de ambientes para os trabalhos, que pela primeira vez são exibidos em conjunto. A seleção feita por Waltercio considera o espaço de exposições do Museu como linguagem, propõe novos e surpreendentes lugares para o olhar e apresenta – mais uma vez – os princípios poéticos da obra do artista. A oportunidade de descobrir novos caminhos, assim como a possibilidade de um novo começo –características inerentes à obra de Waltercio e, mais especificamente, à concepção desta exposição –, encontram sintonia com a atuação da Fundação Vale, que trabalha articulada com atores sociais, desenvolvendo programas e projetos que fortalecem o capital humano e as identidades culturais locais. Uma ação reverbera na outra e desdobra-se em novas possibilidades de percepção do espaço para aqueles que dela usufruem, enquanto sujeitos, cidadãos e coletivo. Com esta exposição, a Fundação Vale confirma sua convicção na arte e sua atuação através da cultura como valioso meio de expressão universal.

Fonte: http://www.museuvale.com/programacao.php?tipo=1

MOSTRA DE TOMIE OHTAKE EM VITÓRIA

Conhecida pintora brasileira e dona de um Instituto que leva seu nome, em São Paulo, Tomie Ohtake criou um conjunto de 12 gravuras exclusivas, com tiragem de 90 cada, para uma série de exposições no circuito de boas galerias Brasil afora. A mostra chegou à Galeria Ana Terra no dia 21 de outubro, com vernissage às 19h.

Sobre a artista:

A gravura na obra de Tomie só surgiu quinze anos após já ser uma reconhecida pintora brasileira. Inicialmente suas impressões eram em serigrafia, com as superfícies chapadas de cores, até chegar à construção de planos quebrados, ondulados, devanescentes.

Aos poucos, a artista desenvolveu novos meios, a litografia, com diferentes possibilidades, como desenhos feitos a lápis. Porém, foi na gravura em metal que encontrou a mesma liberdade do pincel e com a qual segue trabalhando nestes últimos 20 anos, ao lado de seu impressor, o mestre Cláudio Vasques.

Técnica que domina, portanto, desde o final dos anos 60, Tomie fez também da gravura campo fértil e inovador. Cria séries em grandes formatos, transforma a gravura em objeto e, ainda, produz obras que avançam de um plano ao outro, ortogonal, criando, nesta influencia de 90 graus, um espaço novo para a sua arte.

Com seu experimentalismo incomum para a técnica, suas gravuras também ganharam reconhecimento internacional. Em 1972 ela foi convidada a participar da sala Gráfica D’Oggi, na Bienal de Veneza, que contou com a presença dos mais importantes artistas do mundo, como os norte-americanos da Pop Art. Ela também participou da Bienal de Gravura de Tóquio, em 1978, tradicional mostra internacional desta técnica.

Nascida no Japão (Kioto/1913), Tomie chega ao Brasil em 1934 e só começa a pintar aos 40 anos de idade, construindo uma trajetória como poucos artistas brasileiros conseguiram. Os anos 60, quando se naturalizou brasileira, foram decisivos para a sua maturação como pintora originária da abstração informal. O domínio da esfera técnica de seu trabalho foi então confluindo com sua personalidade, passando a servi-la plenamente. O Controle do processo coincidiu com uma nova orientação dada progressivamente ao trabalho, segundo o qual ela foi substituindo a imaterialidade aparente de suas telas pelo estudo
da relação forma-cor.

Serviço:GRAVURAS TOMIE OHTAKE – Mostra de 12 gravuras inéditas em metal.

De 21 de outubro a 4 de novembro, de segunda a sexta, das 10 às 19 horas e sábado, até as 13 horas. Rua Eugênio Neto, 106, Praia do Canto. Tel: 3235-2311/ 3235-1830.

GRAVURAS DE MESTRES CONSAGRADOS EM EXPOSIÇÃO EM VITÓRIA A PARTIR DO DIA 29 DE OUTUBRO


Em 2009 está sendo celebrado o Ano da França no Brasil, e Vitória abriu suas portas ao país-irmão. Para isso vem realizando eventos que marcam as relações históricas franco-brasileiras. No próximo dia 29, a capital capixaba vai receber uma exposição única no país: Os Triunfos do Carnaval, um acervo precioso com obras de mestres consagrados da gravura mundial, como Heyden, Tiepolo, Goya e Van de Velde II.
A mostra reúne 53 gravuras que retratam o universo do carnaval europeu entre os séculos XVI e XX. São obras-primas do acervo do Musée du Dessin et de l'Estampe Originale, da cidade francesa de Gravelines, pertencente ao território da Comunidade Urbana de Dunkerque (CUD). O público poderá visitar a exposição no Museu de Artes do Espírito Santo (MAES) Dionísio Del Santo, localizado na Av. Jerônimo Monteiro.
Vitória será a única cidade brasileira a receber o acervo do Museu de Gravelines, que também pela primeira vez sai da França. Nas gravuras, o público vai poder conferir as festas, os personagens, e todo o seu rico universo eternizados por imagens que variam do satírico ao melancólico.

"Os Triunfos do Carnaval, além da experiência artística, vai trazer uma experiência histórica ao público capixaba com a apresentação de informações sobre a vida de artistas, suas épocas e a realidade do carnaval na Europa, as origens e peculiaridades de uma festa que, hoje, é parte da nossa cultura", revela o secretário de Cultura de Vitória, Alcione Pinheiro.
A exposição, após os primeiros dez dias, também poderá ser vista pela Internet, no endereço eletrônico
http://www.emcbrasil.com.br/
, contendo - em português e em francês - todas as peças, painéis e legendas expostos no MAES.
A mostra é uma realização do Ministério da Cultura (MinC), do Governo da França, da Prefeitura Municipal de Vitória, por meio da Secretaria de Cultura, e da Comunidade Urbana de Dunkerque, com parceria da Secretaria Estadual de Cultura e do Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo.

(José Carlos Mattedi, com a colaboração de Eliane Rezende (Marlin Azul))

Fonte:
http://sistemas6.vitoria.es.gov.br/diario/noticia.php?idNoticia=1918
Publicada em 19/10/2009, às 00h30

15 de outubro de 2009

Para saber mais:

Há dez anos, o ator Jorge Luis Braz colocou em prática o sonho e o desejo de realizar um trabalho coletivo em função da arte, com o objetivo de entregar um produto cultural de qualidade para quem fosse o espectador. Juntou-se a outros colegas de profissão e criou o Teatro de Tábuas, uma companhia teatral que extrapola os limites das artes cênicas, pois atua também em outras áreas das artes e na educação.
Um dos projetos mais conhecidos e bem-sucedidos da companhia é o Circuito Estradafora, que leva teatro, cinema, oficinas culturais e educativas em carretas a diversas cidades brasileiras, principalmente aquelas que não têm acesso a qualquer tipo de produção cultural. Segundo Braz, o circuito nasceu do “desejo de andar pelo país mostrando que é possível fazer algo quando se tem perseverança e desejos consolidados”. Mas ele ressalta que a escolha de levar “o teatro nas costas” foi também uma saída para resolver um problema de fluxo financeiro que o grupo tinha. “A experiência de fixação em um local é mais onerosa e se esgota pela falta de hábito cultural”.
Mas, se a especialidade deles era o teatro, por que levar também cinema e oficinas culturais e educativas? “As novas gerações são de pensamento múltiplo, imagético e com alto nível de exigência tecnológica”, destaca. “A mistura auxilia o Teatro de Tábuas no atendimento das demandas locais e as oficinas são um rico espaço de trocas que fazemos por onde passamos”.
Desde que foi criado, em 2004, o Circuito Estradafora já passou por aproximadamente 180 cidades de 18 estados brasileiros. Estima-se que mais de 280 mil pessoas se beneficiaram dele. “Acreditamos que cerca de 87% do nosso público tem seu primeiro acesso a uma produção cultural como teatro e cinema por meio do circuito”, afirma Braz. “Isso traz alegria para a gente, dignidade ao projeto e alimenta todos os dias a nossa equipe que sempre encontra grandes desafios para viabilizar cada viagem”.
Hoje, o Teatro de Tábuas conta com uma equipe de 55 colaboradores diretos, sendo que duas equipes, de 12 a 15 pessoas cada, se deslocam e uma fica na sede, em Campinas, interior paulista. Lá fica a administração, a comunicação e o apoio técnico; para a estrada vão os artistas, técnicos, motoristas, cozinheiros e produtores.
A passagem por tantas cidades ao longo destes anos fez com que a companhia formasse uma rede de parceiros. Como não era possível que o grupo voltasse com frequência a cada um desses lugares, foi criado o Congresso de Arte Educação. Ele acontece uma vez por ano e é voltado principalmente a professores da rede pública, arte educadores da área pública e privada, ONGs e artistas. A discussão segue, basicamente, temas de interesse desse público: meio ambiente, ética, relações sociais, tecnologia e cultura popular. “Nosso objetivo principal com o congresso é articular uma rede permanente de discussão da arte aplicada à educação”, explica Braz. Em 2009, a última edição aconteceu de 29 de julho a 2 de agosto na cidade de Mairiporã, em São Paulo.
Para o ator, o resultado desses 10 anos de trabalho do Teatro de Tábuas é impressionante. “Produzimos com poucos recursos uma imensidão de projetos, atividades e ideias”. Ele acredita que o maior patrimônio gerado pelo grupo é a grande rede de relacionamento construída Brasil afora e a confiança dos colaboradores, apoiadores e do público que demonstram reconhecimento, respeito e gratidão pelo que fazem. E, segundo Braz, o melhor presente que o grupo pode receber para comemorar essa data especial é “continuar a viver coletivamente esta utopia real, até onde a realidade permitir”.

Tags: , , , , , , , ,

13 de outubro de 2009

Ao mestre com carinho:



Querido Mestre,
Trago-te um recado de muita gente.


Houve gente que praticou uma boa ação,


Manda dizer-te que foi porque


Teu exemplo convenceu.


Houve alguém que venceu na vida,


E manda dizer-te que foi porque


Tuas lições permaneceram


E houve mais alguém que superou a dor,


E manda dizer-te que foi a lembrança


De tua coragem que ajudou.


Por isso que és importante...


O teu trabalho é o mais nobre,


De ti nasce a razão e o progresso.


A união e a harmonia de um povo!


E agora...


Sorria!!


Esqueça o cansaço e a preocupação,


Porque há muita gente pedindo a Deus


Para que você seja muito Feliz!!!
Parabéns pelo seu dia!!!!


(Autor desconhecido)
Ao grupo de arteeducadores,
Parabenizo a todas vcs também pela capacidade e perseverança com a escolha pela docência e com ela transformarem-se cotidianeamente e inquietarem-se com o outro.
Um grande abraço!
Moema
Concordo! Merecemos reconhecimento e valorização.Parabéns pelo nosso dia!
15 de Outubro de 2009 13:56 Maria Angélica Vago.

4 de outubro de 2009

EXPOSIÇÃO: Quatro décadas de Gravura no Centro de Artes da UFES

Exposição de Gravuras na Galeria de Arte e Pesquisa da UFES, entre 01 e 30 de outubro, de segunda a sexta-feira, de 14 às 18 horas.

Curadoria: Almerinda Lopes, Joyce Brandão, Ricardo Maurício
Organização: Edil Barbosa e Franquilandia
Coordenação: Fernando Gómez
Montagem de Divulgação: André Magnago, Edil Barbosa, Wellington Pereira.

27 de setembro de 2009

Como os professores avaliam seus alunos?

Oi Pessoal!
Em algumas escolas estamos ao final de mais um bimestre. Que sufoco!
É olhar trabalhos, pesquisas, exercícios, atividades teóricas, provas, entre tantas outras formas de avaliar.
E nada mais propício também de refletirmos sobre como avaliamos em Ensino de Arte.


Até 29 de outubro estará em debate no Fórum Arte na Escola o tema “Avaliação no Ensino de Arte”, proposto pela professora Eliane Tinoco, coordenadora do Polo Arte na Escola da Universidade Federal de Uberlândia – UFU.
A discussão coincide com a realização do XXIII Encontro Nacional da Rede Arte na Escola, de 12 a 16 de outubro, em Recife (PE), quando coordenadores de todo o Brasil estarão debatendo o assunto.
Para moderar a discussão, a professora convidada é Silvia Sell Duarte Pillotto. Pós-Doutora no Instituto Estudos da Criança - IEC na Universidade do MINHO - UMINHO, Braga/Portugal, Mestre em Educação (Currículo) pela UFPR, especialista em Fundamentos Estéticos para a Arte na Educação pela Faculdade de Artes do Paraná, e avaliadora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP. Silvia é autora de várias publicações, e irá lançar, durante XXIII Encontro, o livro Avaliação na Educação: Questões, Tendências e Modelos, organizado junto com a professora Maria Palmira Alves.
Participe!

24 de setembro de 2009

CONGRESSO LATINOAMERICANO e CARIBENHO DE ARTE/EDUCAÇÃO

PROGRAMAÇÃO


Dia 25/11/2009 - Quarta-feira

08:00 - 09:30 - Credenciamento
09:30 - 10:30 - Abertura - InSEA/OEI/CLEA/FAEB/AMARTE/EBA
10:30 - 12:00 - Mesa Redonda InSEA/CLEA
13:30 - 18:00 - Salas Especiais com os selecionados da Convocatória de Arte/Educação, Cultura e Cidadania - Ministério da Educação (MEC), Ministério da Cultura (MinC) e Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI).
18:00 - Lançamento de livros - EBA
18:30 - 21:30 - Apresentação Artística e Confraternização

Dia 26/11/2009 - Quinta-feira
09:00 - 10:00 - Sessão Solene, com a presença do Secretário Geral da OEI, Álvaro Marchesi, de autoridades dos Ministérios da Educação e da Cultura, de Secretarias Estaduais e Municipais de Educação, de Cultura e de Turismo.
Local: Palácio das Artes
10:15 - 12:00 - Palestra: Ana Mae Barbosa
14:30 - 16:30 - Mesas-redondas (concomitantes)
1- Políticas Educacionais e Desafios Latinoamericanos em Arte/Educação
2- Múltiplas Abordagens e apropriações para arte/educar
3- Metodologias de Pesquisa e Ensino de Arte
17:00 - 18:00 - Reuniões com grupos de pesquisa
18:00 - 19:00 - Reunião AMARTE/ Reunião FAEB / Reunião CLEA / Reunião InSEA
19:00 - 20:30 - Apresentação Artística

Dia 27/11/2009 - Sexta-feira
09:30 - 12:00 - Mesas-redondas
1- Políticas Educacionais e Desafios Latinoamericanos em Arte/Educação
2- Múltiplas Abordagens e apropriações para arte/educar
3- Metodologias de Pesquisa e Ensino de Arte
14:00 - 17:00 - Grupos de Estudo
17:00 -18:00 - Reuniões com grupos de pesquisa
18:00 - 19:00 - Apresentação Artística
19:00 - 20:30 - Assembleia FAEB / Reunião CLEA (eleição de novo Secretário Geral) / Reunião InSEA

Dia 28/11/2009 - Sábado
08:30 – 09:00 - Apresentação artística
09:00 - 10:00 -Mesa Final: Arte/Educação: Concepções Contemporâneas
10:00 - 10:30 - Encerramento: InSEA/ OEI/ CLEA/ FAEB/AMARTE
10:30 - Saída para Inhotim

Centro de Arte Contemporânea Inhotim
O Instituto Inhotim é um complexo museológico original, constituído por uma seqüência não linear de pavilhões em meio a um parque ambiental. Suas ações incluem, além da arte contemporânea e do meio ambiente, iniciativas nas áreas de pesquisa e de educação. É um lugar de produção de conhecimento, gerado a partir do acervo artístico e botânico.

http://www.inhotim.org.br/

23 de setembro de 2009

Quem pinta seus males espanta...


Colegas Arte-Educadores,

Produzir de vez em quando é bom pra colocarmos nossso processo de criação em dia.
Como tinha tempo que eu não pintava, precisei de um espaço maior um pouquinho: usei o muro da frente da casa.

Abraços!

22 de setembro de 2009

MEMÓRIA DE MANABU MABE

O artista conseguiu misturar as cores do Brasil e a elegância do Japão nas telas que conquistaram destaque nas artes plásticas.
Ele é um dos pioneiros da pintura abstrata no país.
Mabe morreu em 1996.

Quer saber mais?


http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1123464-7823-MEMORIA+ANOS+DE+MANABU+MABE,00.html


www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/manabu-mabe

Notícias sobre Cultura e Arte

Por Blog Acesso - Instituto Votorantim
Para Afonso Luz, diretor de Estudos e Monitoramento de Políticas Culturais da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, um dos principais problemas que a arte contemporânea enfrenta no Brasil é o medo que o público brasileiro tem dela. “Ela ficou taxada como algo difícil de ser compreendido e muito caro”. Rejeitada, fica difícil descobrir, por exemplo, que existem obras de arte que podem ser compradas a R$ 20. Só que a realidade fica mais óbvia quando o diretor do Minc lembra que, no País, apenas 4% das pessoas têm acesso a algum tipo de arte. “Para que haja consumo imediato é preciso investir na formação de repertório”, ou seja, é preciso garantir mais acesso à educação e à cultura, outro grande desafio em uma trajetória que promete ser longa.
Veja mais: http://www.blogacesso.com.br/

15 de setembro de 2009

INFORMES: Pólo Arte na Escola/UFES

O PÓLO ARTE NA ESCOLA POSSUI UMA DVDteca COM MUITOS TÍTULOS QUE PODEM SER LOCADOS PARA USO EM SEUS PLANEJAMENTOS.
CONFIRA NA BARRA ESQUERDA DESTE BLOG A LISTAGEM COMPLETA DOS TÍTULOS QUE ESTÃO À SUA DISPOSIÇÃO.

Dica da Semana: CINE CLUBE CURTA EDUCAÇÃO


O próximo encontro do Cineclube Curta a Educação será na terça-feira, dia 15 de setembro, às 18h.
Vamos curtir dois filmes muito bacanas: No Princípio Era o Verbo, de Virgínia Jorge (18min) e BMW Vermelho (22min), de Reinaldo Pinheiro e Edu Ramos.
No lírico No Princípio Era o Verbo, Virgínia Jorge trança com maestria algumas histórias e muita filosofia num bar da periferia de Vitória. Conta com interpretações deliciosas e lúdicas de atores profissionalíssimos, como Emiliano Queirós e Markus Konká, e de amadores que fazem bonito no filme.
BMW Vermelho é uma comédia deliciosa, que tem na atuação de Otávio Augusto seu ponto forte. Um prêmio inesperado num concurso torna a vida do favelado desempregado e de sua família ainda mais complicada.
A exibição acontecerá às 18h, no auditório do Centro de Educação da UFES. Programa bacana para o fim da tarde!

13 de setembro de 2009

Reunião do GEPAE - 12 de setembro de 2009




  • Olá, Caros Arte-Educadores!

    No último sábado, 12 de setembro de 2009 aconteceu no IC IV – do Centro Pedagógico/UFES a reunião mensal do GEPAE - Grupo de Estudos do Pólo Arte na Escola.

    Nesse encontro tivemos a grata satisfação de ouvirmos os relatos de experiência:
  • Projeto: Olhos atentos às linguagens Híbridas da Arte Contemporânea, prof.ª Angélica Vago, desenvolvido na EMEF Jorge Amado, da Serra/ ES. A professora usou como recurso pedagógico o DVD “Recortes de Leda Catunda”, da DVDteca do Pólo Arte na Escola.
  • Projeto: Falando de Flores, prof.ª Tânia Monnerat, desenvolvido na EMEF Álvaro de Castro Mattos, em Jardim da Penha – com a proposta a professora encontrou a porta de entrada para inserir a Arte no interesse dos alunos. Confira em seu blog:
    http://clique-arte.blogspot.com


  • Projeto: Um olhar figurativo e abstrato sobre a arte e cultura serrana, da prof.ª Leila Patrícia Silva de Oliveira, desenvolvido na EMEF “Professor Luís Benjamim”.

Após a exposição dos relatos, conversamos sobre nossas ações em sala de aula, nossas angústias e conquistas. Consideramos que momentos como esses enriquecem muito nossa prática pedagógica.

Você pode conhecer os relatos apresentados pelas professoras nos anais on line do VIII Seminário Capixaba de Ensino da Arte.

A arte-educadora Fernanda Silva, de Guarapari convida para que os colegas visitem seu blog: www.fearte.blogspot.com.

8 de setembro de 2009

DICAS DE VÍDEOS

ACESSE AOS VÍDEOS E SE DELICIE COM AS IMAGENS:
http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1117144-7822-ARTISTA+PLASTICA+BRASILEIRA+USA+ESCULTURAS+DE+GELO+PARA+PROTESTAR,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1119309-7822-CONHECA+A+GRIFE+DAS+DOIDA,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1119269-7823-OBRAS+DE+HENRI+MATISSE+ESTAO+EM+EXPOSICAO+EM+SAO+PAULO,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1118700-7823-OBRAS+DE+ARTE+FALAM+E+SE+MEXEM+NA+CHINA,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1118738-7823-A+ARTE+DOS+TAPETES+EM+SEDA+NO+LAOS,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1001968-7822-CONHECA+OS+IRMAOS+QUE+COLOCARAM+O+GRAFITE+BRASILEIRO+NO+MAPA+MUNDIAL,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM873561-7823-PERCURSORES+DO+GRAFITTI+EM+SAO+PAULO,00.html

4º Prêmio Concurso de Fotografias "Ver as Cidades" da Grande Vitória de 26 de agosto a 03 de outubro de 2009

“O objetivo é “ANDAR” pelas Cidades, conhecer, identificar e fortalecer pontos, paisagens e imagens que passam despercebidas no dia-a-dia do Cidadão Morador da Grande Vitória e para despertar nos envolvidos, apreciação, estima e valorização Cultural da Cidade “no conceito dos estudantes”.

Maiores informações: Tel. (27) 3336-4853 / 9922-3116
E-mail: andarilhos-es@click21.com.br

4 de setembro de 2009

OFICINAS DE CAPACITAÇÃO EM ARTES CÊNICAS

A Secult promove oficina de dança em parceria com a Funarte. A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) já está selecionando os interessados em participar do segundo módulo das oficinas de capacitação em artes cênicas, realizadas em parceria com a Fundação Nacional de Artes (Funarte).
As inscrições continuam até quarta-feira (09), e a ficha está disponível em www.secult.es.gov.br. Esta etapa é direcionada para coreógrafos, bailarinos e dançarinos com experiência comprovada. O curso é gratuito e as vagas são limitadas.O módulo "Dança I: Coreografia" será realizado entre os dias 14 e 18 de setembro, na Academia Renata Pacheco, em Santa Lúcia, Vitória. São 20 vagas para o curso, ministrado pelo coreógrafo e bailarino carioca Paulo Caldas, amplamente reconhecido por seu talento e seu olhar inquieto.
Até o final de outubro serão oferecidas mais três oficinas de artes cênicas direcionadas para artistas, técnicos e pesquisadores do setor, que terão oportunidade de aprofundar e aprimorar seus saberes. Capacitação em Atividades Culturais.
A iniciativa está inserida no Programa de Capacitação em Atividades Culturais, desenvolvido pela Coordenação de Formação Artística e Cultural da Secult e contempla ações nas áreas do audiovisual, teatro, dança, circo, música e museologia. O objetivo é promover a formação e capacitação nas diversas modalidades artísticas, incentivando o desenvolvimento de um mercado com ampla geração de emprego e renda, contribuindo para o aprimoramento da classe cultural capixaba.

2 de setembro de 2009

Solenidade de entrega dos Prêmios "Mestre Armojo do Folclore Capixaba" e "Renato Pacheco".‏

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realiza às 11 horas desta quinta-feira (03) uma cerimônia para conceder o título de "Mestre da Cultura Popular do Estado do Espírito Santo" aos contemplados com o prêmio "Mestre Armojo do Folclore Capixaba".
O evento, que acontece no estacionamento do órgão, na Enseada do Suá, em Vitória, é uma homenagem a dez pessoas que atuam na defesa e manutenção da cultura popular no Estado.

24 de agosto de 2009

BOLETIM ARTE NA ESCOLA - Julho a Setembro

Acesse o site Arte na Escola (site@artenaescola.org.br) e fique por dentro das reflexões sobre o Ensino da Arte na Edição nº 54 do BOLETIM ARTE NA ESCOLA - 2009, pois a partir deste número a distribuição desse Boletim passa a ser exclusivamente eletrônica.
Agora a publicação pode ser vista na plataforma gratuita ReadOZ, onde aparece com as mesmas características de diagramação da versão impressa.
Via internet o Boletim conta também com ferramentas interativas que permitem o registro de comentários ou o envio do seu conteúdo para um amigo.
Confira e participe!
Em destaque nesta edição:
  • Música na Escola. A partir de 2011, todas as escolas brasileiras serão obrigadas a ensinar Música para os alunos da Educação Básica, como prevê a lei 11.769.
  • Nova orientação curricular em São Paulo.
  • O que avaliar em Arte? Como avaliar em Arte? O que é importante saber em Arte? Avaliação em Arte: tema de Encontro Nacional. A professora argentina Ema Brandt – Bacharel em Artespela Universidade Nacional de San Martín e especialistano ensino da Arte – foi entrevistada sobre o tema.
  • Fala Professor Que filme você assistiu e que teve impacto em sua prática em sala de aula?

Acesse a edição completa e registre os seus comentários!

Deixe seu comentário também nessa postagem. Precisamos saber sua opinião.

18 de agosto de 2009

REUNIÃO DO GEPAE

Você é nosso (a) convidado (a) para a próxima reunião no dia 12 de setembro, às 9 horas, Centro Pedagógico, CEMUNI IV/UFES.
Neste dia teremos a apresentação de quatro relatos de experiência de colegas Arte-Educadores.
Contamos com sua presença!

PALESTRA: André Parente participa de Ciclo de Palestras no Maes

André Parente, doutor em comunicação pela Universidade de Paris VIII e fundador do Núcleo de Tecnologia da Imagem (N-imagem), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é o convidado da vez do Ciclo de Palestras do Museu de Arte do Espírito Santo (Maes). O encontro, aberto ao público, será no auditório do Maes na quarta-feira (19), às 19 horas.
Parente discutirá suas duas videoinstalações, expostas na mostra "Espectador em Trânsito", que continua em cartaz no Maes até 03 de outubro. Uma delas é "Entre-Margens", que busca representar, por meio de paisagens visuais e sonoras, a condição intermediária e virtual expressa no conto "A Terceira Margem do Rio", de Guimarães Rosa. Seu outro trabalho é "Estereoscopia", uma instalação interativa baseada em duas imagens de um casal que se olha em campo e contra-campo.
Espectador em Trânsito
A palestra oferece a oportunidade para o visitante conhecer os trabalhos de outros artistas, expostos na mostra "Espectador em Trânsito" como: Luciano Mariussi, a dupla Leandro Lima & Gisela Motta e os capixabas Miro Soares, Juliana Morgado e Orlando da Rosa Farya.

17 de agosto de 2009

Saiba mais sobre Vídeoinstalações

A videoarte éuma forma de expressão artística, na qual o vídeo é o elemento principal. Supõe uma nova linguagem, uma nova inter-relação entre imagem e espectador, em que a primeira sai da tela para interagir com o resto do meio, integrando as imagens junto aos demais elementos que a formam. Ajudado pelas novas tecnologias, esta arte consegue projetar as imagens além do monitor e para diferentes direções, obrigando ao público a iniciar um percorrido sobre um espaço, de um todo, do qual as projeções fazem parte. Surgiu na década de sessenta, como meio artístico, num contexto no qual os artistas procuravam uma arte contrária à comercial. Entre seus princípios está a crítica à televisão, a qual representa, em certo modo, a cultura atual. Durante os anos oitenta, as imagens utilizadas por esta arte procuram provocar na audiência estados anímicos e evocar sensações. Na atualidade, os avanços da tecnologia, permitem ampliar o leque de suas possibilidades criativas. Surgiu na década de 60 através dos trabalhos de integrantes do grupo Fluxus, e os pioneiros foram o coreano Naum June Paik e o alemão Wolf Vostell. Antes disso, o vídeo era usado apenas para fins comerciais,como para a televisão e treinamento em empresas. Além disso, seu início foi marcado pelo alto preço dos equipamentos o que limitou essa linguagem a artistas de países desenvolvidos, onde o acesso à tecnologia era menos custoso. Os artistas do Fluxus procuravam, através dos novos suportes audiovisuais, criar uma espécie de “contra-televisão”e justamente fazer uma crítica aos ideais desse meio e dos modelos comerciais da época, subvertendo seu uso mais freqüente.
http://www.ciberamerica.org/Ciberamerica/Portugues/Areas/cultura/artes/nuevosSoportes/videoarte.htmSite que dá o conceito de vídeo arte.
http://www.cronopios.com.br/site/colunistas.asp?id=1064Artigo descreve a vida do coreano Nam June Paik e fala sobre seus trabalhos.
http://www.contracampo.com.br/82/artexpondopaik.htmEXPONDO/VENDO/PENSANDONAM JUNE PAIK
http://www.contracampo.com.br/82/artpaiksoboceu.htmSOB O CÉU DE NAM JUNE PAIK Global Groove e a “televisãoexperimental”
http://www.facom.ufba.br/pesq/cyber/lemos/arte.htmlARTE ELETRÔNICA E CIBERCULTURA. Fala sobre a arte contemporâneae o surgimentos de novas formas de expressão artísticas e a “ciber-arte”e arte eletrônica. Autor: André L.M. Lemos é doutor em sociologia pela Sorbonne,professor e pesquisador do Programa de Pòs-Graduação emComunicação e Cultura Contemporâneas da Faculdade de Comunicação(FACOM), UFBA/CNPq
http://www.fasm.edu.br/revista/page19/page15/page15.htmlSite que fala sobre o surgimento da video arte no brasil.
http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia/arttec/index.cfm?fuseaction=detalhe&cd_verbete=5953Arte e Tecnologia no Brasil: Uma Introdução ( 1950-2000), ArlindoMachado. Panorama geral sobre a arte contemporânea e as novas formas artísticasque utilizam as novas tecnologias. (fala também sobre Paik e Vostelle o surgimento da vídeo arte)
http://www.bergpublishers.com/uk/book_page.asp?BKTitle=A%20History%20of%20Video%20ArtSite que mostra o livro de Chris Meigh-Andrews sobre a história da vídeoarte (surgimento) .
Fonte: http://conversamineira.blogspot.com

16 de agosto de 2009

Roda de Conversa com Arte-educadores

O Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo - MAES realizará a partir do dia 29 de agosto, o curso Roda de Conversa com Arte-educadores, aberto aos professores licenciados em Arte. Dentro de uma proposta participativa, a Roda de Conversa é um debate entre os educadores a fim de pensar as questões que envolvem o ensino da arte, por meio da troca de experiências, propostas e reflexões dos próprios participantes.
Programação
Aula Inaugural: 29 de Agosto às 14:00, no Auditório do Centro de Educação (IC IV) - UFES.
As inscrições do curso serão realizadas no dia da aula inaugural gratuitamente.
Encontros quinzenais: 12/09, 26/09, 10/10, 24/10, 07/11, 21/11.
Local: Auditório do Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo – MAES. Av. Jerônimo Monteiro, 631, Centro, Vitória – ES.
Horário: Sábados, das 14:00 às 17:00.
Carga horária total do curso: 40 horas certificadas pela ProEx/UFES.
Mediadores: Profª Doutora Gerda Margit Schutz Foerste - Doutora em Educação e professora da UFESProfª Priscila de Souza Chisté - Mestre em Educação e professora da PMV Profª Érika Sabino de Macêdo - Mestre em Estudos Literários/Semiótica e professora da UCLProfª Especialista Myriam Pestana - SEME/PMVSrª Leila Horta - Diretora do MAES Ana Luiza de Oliveira Briguente - Coordenadora do Setor de Arte Educação do MAES
Vagas Limitadas: 30
Só será emitido certificado para quem obtiver 75% de presença.
Temas abordados: Arte e Tecnologia, Arte e Literatura, Interculturalidade e Cultura Visual.

11 de agosto de 2009

Atualidades: Irmãos Campana


Irmãos Campana expôem em templo do design alemão.
O museu Vitra reúne objetos de criação dos designers brasileiros para mostrar não só o que eles criaram, mas como e onde.
LINK DA NOTÍCIA:
http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL1262306-16020,00.html

ESPECTATOR EM TRÂNSITO - videoinstalações no MAES


Professores da Rede Estadual , de diferentes áreas de conhecimento participaram no último dia 10/08 de Encontro de Formação. O primeiro momento aconteceu no Colégio Maria Ortiz, com a presença de Luiz Guilherme Vergara que falou sobre conceitos da Arte Contemporânea e depois uma visita na Exposição Espectador em Trânsito - videoinstalações, no MAES.

A exposição é uma parceria entre o MAES e o SESC GLÓRIA.

As visitas poderão ser agendados pelo e-mail contato.maes@secult.gov.br

Convite para Palestra e Defesa de Dissertação de Mestrado

O professor Fernando Santos de Aquino, das redes Municipais de Educação de Cariacica e de Vitória convida aos demais colegas Arte-Educadores para a sua defesa de Dissertação de Mestrado no próximo dia 28 de agosto de 2009, às 14 horas, na sala 27, no PPGE/UFES.
Neste mesmo dia, acontecerá às 9 horas, no mesmo local, a Palestra da Profª. Cristina Carvalho, da PUC –RJ, com o tema: As crianças em espaçosculturais – Mãozinhas para trás.
Trata-se de um recorte em projeto de pesquisa que vêm sendo desenvolvida por esta professora, convidada para a banca examinadora.

9 de agosto de 2009

Vídeo Franz Krajcberg

video

A reportagem foi gravada em 2007, mas a temática é atual: Arte e Meio Ambiente.

Dica da Semana

Você sabia que o site do Arte na Escola traz um novo serviço para auxiliar você a planejar e construir novas propostas para as suas aulas?
Por meio de uma busca orientada você poderá escolher:
  • Nível de Ensino no qual irá desenvolver a proposta;
  • Termos da Arte (referentes às Linguagens, aos Meios, aos Movimentos, às Técnicas, etc.);
  • Títulos de obras de arte que pretende trabalhar;
  • e muito mais.

Como resultado de sua pesquisa terá acesso às imagens, às indicações de DVDs e aos cadernos do professor, produtos provenientes de todos os materiais que levam o selo do Arte na Escola.

Acesse e encontre o que você busca: www.artenaescola.org.br/midiateca

AGUARDE! Brevemente postaremos lista atualizada da DVDTECA do Pólo Arte na Escola/UFES

4 de agosto de 2009

Fique por dentro!!!

PALESTRA:ARTE E INFÂNCIA
Palestrante: ANALICE PILAR DUTRA
Local: no PPGE, UFES
Data: 06/08/09 (quinta-feira)
Hora:10:00 horas

2 de agosto de 2009

Reunião do GEPAE/UFES - 1/08/09



Conforme agendado, apesar de ser sábado, lá estávamos para mais uma reunião do GEPAE - Grupo de Estudos do Pólo Arte na Escola/UFES.

Nesta reunião contamos com as presenças das Arte-Educadoras: Myriam Pestana, Penha Fonseca, Lismar Faria, Rosi Andrea, Ivana de Macedo, Cristina Altoé, Clédna Dalvi e Cristina Mascarenhas.
A pauta do encontro foi contemplada com os seguintes assuntos:
  • Exposição "lugar sem nome", de Rosilene Luduvico, no Museu Vale, de 27 de junho a 6 de setembro;
  • Coletiva "Espectador em Trânsito" videoinstalações, no MAES, de 11 de agosoto a 03 de outubro;
  • Comentários sobre o Blog, avaliando sua função quanto elemento de comunicação, divulgação entre os arte-educadores;
  • Apresentações dos Relatos de Experiência: Viajando com Volpi, professora Ivana de Macedo / Impressões em Defesa da Vida, professora Penha Fonseca e da Comunicação Falando em Criatividade, professora Cristina Altoé. Os três trabalhos participaram do VIII Seminário Capixaba de Ensino da Arte - 3 Encontro do Pólo Arte na Escola/UFES. Após as apresentações, abrimos espaço para conversa sobre as propostas, o que com certeza é enriquecedor, pois possibilita novos olhares e reflexões.

Você é nosso (a) convidado (a) para a próxima reunião no dia 12 de setembro, às 9 horas, Centro Pedagógico, CEMUNI IV/UFES.

30 de julho de 2009

Workshop no Museu Vale

No dia 29 de julho vários Arte-Educadores participaram da visitação e workshop da Exposição "lugar sem nome", da artista plástica ROSILENE LUDUVICO, no Museu Vale.














22 de julho de 2009

Motivação para registro do Relato de Experiência

Oi Colegas Arte-Educadores,

Um dos objetivos do GEPAE é motivá-los no registro do trabalho desenvolvido em sala de aula. Aqui no blog deixamos dicas de como podemos realizá-lo no dia-a-dia em sala de aula e escrever um relato de experiência.
A prática é um bom exercício e leva um tempo, mas já estamos tendo resultados:
  • Participamos do VIII Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte/III Encontro do Pólo Arte na Escola com Comunicações e Posters.
  • Nos encontros do GEPAE de agosto e setembro teremos apresentações de relatos/ POSTERS inscritos no VIII Seminário... (veja em postagem anterior nesse blog).
  • Alguns de nós, já enviamos trabalho pro 19º CONFAEB e você ainda tem um prazo pra enviar o seu relato também (veja em postagem anterior nesse blog).
  • Temos também espaço para partilha de relatos de experiência em Arte-Educação no site http://www.artenaescola.org.br/ .

Em julho enviei dois relatos e um deles foi selecionado para o DICAS do mês de julho. Acesse e confira!

Lembre-se! No dia 1 de agosto, às 9 horas temos o 4º Encontro do GEPAE - Grupo de Estudos do Pólo Arte na Escola/UFES.

Saudações estéticas!
Penha Fonseca

13 de julho de 2009

WORSHOP IMAGINARIO, NO MUSEU VALE

O Museu Vale convida a todos os professores a participarem do "Workshop Imaginário", baseado na exposição “Lugar sem nome”, da artista Rosilene Luduvico.

O Workshop para professores será ministrado pela artista e educadora Mara Perpétua, e acontecerá no dia 29 de julho (quarta-feira). Os professores poderão se inscrever em um dos dois horários:

Manhã - das 8h30 às 11h;
Tarde - das 14h às 16h.

Àqueles que desejarem se inscrever, favor entrar em contato com Claudia ou Regiane através do telefone 27 3333-2484, entre 10 h e 18 h .

5 de julho de 2009

CONVITE DE UMA ARTE-EDUCADORA MINEIRA - Beloni Cacique Braga

Visite o fórum "Ações Educativas no Ensino de Arte", um espaço de interação para arte-educadores!
Passem pelo portal e vejam as novidades, o layout é fácil e suave para a navegação e tem muitas novidades. O Portal coloca de maneira acessível aos professores materiais para as aulas, vídeos, um jornal dinâmico que abrange todas as áreas do conhecimento, aulas compartilhadas, cursos, fotos, objetos de aprendizagem.... Enfim é uma iniciativa que valoriza nosso trabalho, a medida em que propõe diálogo, interação e compartilha recursos para as nossas aulas.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/ListarMensagensForum.html?idTopico=95
http://conversamineira.blogspot.com

Reunião do GEPAE/UFES - 04/07/09

No dia 4 de julho de 2009, às 9 horas, reuniram-se na sala do Pólo Arte na Escola/UFES as Arte-Educadoras: Myriam Pestana, Penha Fonseca, Lismar Faria, Rosi Andrea e Cristina para a terceira Reunião do GEPAE - Grupo de Estudos do Pólo Arte na Escola.



A pauta do encontro foi contemplada com os seguintes assuntos:



  • Inscrições de Comunicações e Relatos de Experiência para o 19 CONFAEB, que acontecerá no mês de novembro, em BH/MG (Saiba mais nesse mesmo blog em postagem anterior);

  • Museu VALE - visitação à Exposição e participação no Workshop para Arte-Educadores;

  • Elaboração de Pauta para os Encontros do segundo semestre/2009


AGOSTO - reunião dia 1 - Apresentação de Posters (Relatos de Experiência) participantes do VIII Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte / III Encontro do Pólo Arte na Escola/UFES;

  • Viajando com Volpi - prof. Ivana Mattos - Rede Salesiana;
  • Impressões em defesa da vida: Xilogravura - prof. Penha Fonseca - Rede Marista
  • Falando de criatividade- prof. Angela Cristina Altoé - Linhares


SETEMBRO - reunião dia 12 - Apresentação de Posters (Relatos de Experiência) participantes do VIII Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte / III Encontro do Pólo Arte na Escola/UFES;

  • Olhos atentos às linguagens Híbridas da Arte Contemporânea - Maria Angélica Vago Soares;
  • É "nois" na foto! Luciano de Oliveira
  • Falando de Flores - prof. Tânia Monnerat
  • Um olhar Figurativo e Abstrato sobre a Arte e Cultura Serrana - prof. Leila Patrícia Silva de Oliveira.


OUTUBRO - reunião dia 3 - Seminário com apresentação dos Trabalhos inscritos no CONFAEB



NOVEMBRO - reunião dia 7 - Formação: Arte Digital - técnicas de Animação (local e horário a definir);



23 a 28 - 19 CONFAEB / Visita a INHOTIM



DEZEMBRO - reunião dia 5 - Avaliação e Planejamento.



Agende uma destas datas e venha participar conosco!

25 de junho de 2009

VIII Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte - III Encontro do Pólo Arte na Escola/UFES






ESPAÇOS DE FORMAÇÕES





Aproximadamente 600 Arte-Educadores inscritos no VIII Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte - III Encontro do Pólo Arte na Escola/UFES participam de 23 a 26 de junho de palestras, comunicações, relatos, debates sobre questões específicas da arte-educação e de oficinas artísticas.


Pela primeira vez o Seminário acontece de modo presencial no Cine Metrópolis/UFES e via on line, por arte-educadores localizados nos Pólos de Venda Nova do Imigrante, Vila Velha, Iuna, Aracruz, Ecoporanga, Bom Jesus do Norte, Conceição da Barra, Cachoeiro de Itapemirim, Itapemirim, Mantenópolis, Domingos Martins, Linhares, Colatina, Santa Leopoldina, Nova Venécia, Santa Tereza, Alegre, São Mateus, Afonso Cláudio, Vargem Alta, Piúma, entre outros.



PARABÉNS À COORDENAÇÃO DO EVENTO!

18 de junho de 2009

Como organizar o registro do relato de experiência

Em um dos momentos de leitura no site artenaescola me deparei com um roteiro elaborado pelo Instituto Arte na Escola por meio do Comitê de Publicações visando colaborar com os processos de formação continuada de arte-educadores, o qual estou partilhando com vocês.
Espero que tais orientações possam ser úteis, uma vez que precisamos registrar nossas práticas.
BOA LEITURA!
Como registrar minha prática?
O registro do cotidiano é muito importante para documentação e posterior recuperação e avaliação.Por meio dos registros de suas atividades em sala de aula você poderá identificar suas descobertas, refletir sobre o desenvolvimento dos alunos, incrementar as boas práticas, criar novas idéias, refletir sobre o processo de ensino e aprendizagem e muito mais.O registro é considerado uma das etapas do planejamento e é interessante reservar um período de tempo após as aulas para que você possa descrever:- como foi o desenvolvimento das atividades?- como foi a participação dos alunos?- quais as dificuldades encontradas?- como as dificuldades foram superadas?- o que foi aprendido?Existem vários formatos de registro das atividades das aulas ou das produções dos alunos, Alguns exemplos são:- diário de bordo- diários eletrônicos (Blogs ou Fotoblogs)- portfólio- caderno de anotações.
Como escrever um Relato?
Passo 1 – Apresentando o tema. Desenvolva um ou dois parágrafos relatando as origens da atividade que agora você passa a compartilhar com outros professores, baseando-se nas questões a seguir ou em outras que poderão surgir durante o exercício de recuperar a prática realizada na sala de aula.- Como surgiu a idéia de desenvolver este projeto ou atividade?- Esta atividade buscou suprir alguma dificuldade ou problema levantado junto aos alunos?- Como a atividade foi planejada?- O planejamento contou com a participação de outros professores?- Esta atividade está alinhada com o Projeto Político pedagógico da escola?- Esta atividade faz parte de algum projeto da Secretaria de Educação de seu Estado ou município?- Quanto tempo durou? Quando iniciou? Está em andamento ou já foi concluída?- Quantos alunos foram envolvidos?Passo 2 - Pensando nos objetivosDescreva em poucas linhas quais os objetivos do projeto e de aprendizagem.- Quais os objetivos do projeto? O que pretende alcançar?- Quais áreas do conhecimento podem estar relacionadas?
Passo 3 - Descrevendo o Percurso - Faça uma breve descrição do desenvolvimento das atividades. Procure assinalar as principais etapas da preparação, apresentação aos alunos, desenvolvimento e conclusão; comente os principais acontecimentos, o envolvimento dos alunos, os materiais utilizados Você pode se basear nas questões a seguir, bem como complementar com outras que julgar necessárias:- Quais as etapas realizadas?- Como foi a pré-operação? O que foi necessário organizar e providenciar antes do início da atividade?- Quais os materiais utilizados?- Como foi a apresentação da proposta aos alunos? Contou com a colaboração de outros professores ou parceiros? Como foi a aceitação da proposta?- Quais as ações realizadas?- Como foi o envolvimento dos alunos? Trabalharam em grupos ou individualmente? Houve colaboração?- Quais habilidades e competências mobilizaram?- Quais os principais resultados obtidos?
Passo 4 - Refletindo sobre a experiênciaPense sobre todo o processo vivenciado, do planejamento aos resultados atingidos. Coloque em alguns parágrafos qual sua avaliação da atividade, como foi o envolvimento dos alunos, dos parceiros e da escola?- Foram realizadas avaliações ao longo do percurso? Como influenciaram as ações que se seguiram? Foram realizadas avaliações pelos alunos?- Os objetivos traçados inicialmente foram atingidos?- O que você repetiria? O que não faria mais?- Quais os impactos na comunidade escolar?- Quais as lições aprendidas? Quais as curiosidades? Quais as descobertas?
Passo 5 - Referências bibliográficas - As referências bibliográficas são importantes para que os leitores possam identificar quais os autores principais balizam suas prática e suas reflexões. Ela é fundamental. É como um laboratório que permite outras reflexões e aprofundamentos.Quais as referências (livros, artigos, sites da Internet,) utilizadas no decorrer do trabalho?Textos, imagens, vídeos, sites utilizados com os alunos durante as aulas também devem ser citados.Veja um exemplo:
Sobrenome do autor – em letra maiúsculaNome do livro – em itálicoLocal onde o livro foi publicadoEditora – nome da editoraAno de publicação
CASTELLS, Manuel - Sociedade em Rede: a Era da Informação, Economia.. - V. 1São Paulo: Paz e Terra. 1999

Seguidores

Arquivo do blog